“Ronco” apneia

Home / publico / “Ronco” apneia
“Ronco” apneia

“Ronco” apneia

 O que são os roncos?
São sons que acontecem pela vibração das estruturas da faringe, indicando que existe um aumento da resistência à passagem do ar.

2. Que problemas os roncos podem causar?
O ronco incomoda a quem convive com o paciente, podendo afetar, inclusive, a vida conjugal. Além disso, como se trata de um sinal de aumento de resistência de vias aéreas, pode indicar a existência de uma doença muito importante: a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS).

3. O que é síndrome de apneia obstrutiva do sono?
É uma doença em que ocorre total obstrução ou semiobstrução da passagem do ar na faringe (garganta) durante o sono. Durante as apneias, a oxigenação do sangue é reduzida, provocando várias modificações – principalmente no sistema cardiovascular.

4. Quem tem síndrome de apneia obstrutiva do sono?
A SAOS pode acontecer em qualquer idade. Seus principais fatores de riscos são: aumento da idade e do peso, roncos, refluxo gastroesofágico, uso de bebida alcoólica, de remédios para dormir ou relaxantes musculares e mandíbula curta (retrognata).
.
5. Que doenças podem ser provocadas ou agravadas pela SAOS?
A SAOS, em suas formas moderadas ou graves, acarreta em risco aumentado de desenvolver ou piorar doenças cardiovasculares (hipertensão arterial, infarto do miocárdio, arritmias cardíacas, insuficiência cardíaca), doenças neurológicas (epilepsia, acidente vascular celebrais, problemas de memória, excesso de sono durante o dia) e endocrinológicas (obesidade e diabetes).

6. Existem acidentes de trânsito relacionados à SAOS?
A SAOS aumenta o risco de acidentes de trânsito em até sete vezes e também gera um risco maior de acidentes de trabalho. Quem sofre de SAOS tem, muitas vezes, sono excessivo durante o dia e muita falta de atenção

7. A doença é comum?
Sim. Atinge uma em cada três pessoas (33% da população). As formas moderadas ou graves da doença são as mais relacionadas com complicações cardiovasculares e acometem 14% da população.

8. A SAOS e os roncos têm tratamento?
Sim. E o tratamento é muito eficaz, frequentemente mudando a vida do paciente para muito melhor. Casos mais leves e os roncos isolados podem ser tratados com aparelhos intraorais confeccionados pelo dentista. Já os casos moderados e graves podem exigir tratamento cirúrgico, mas na maioria das vezes, é recomendado o uso de Continuous Positive airway Pressure (CPAP).

9. Como saber se tenho SAOS?
O médico deve pedir um exame de polissonografia para confirmar o diagnóstico e ver a gravidade da SAOS, a fim de planejar o melhor tratamento.

10. Como é feita a polissonografia?
O exame é simples e realizado em local específico. O paciente dorme uma noite com monitoramento e, a partir daí, o exame fornece muitas informações a respeito das fases do sono, eletrocardiograma, roncos, movimentações durante o sono respiração. A polissonografia pode ser pedida pelo seu médico. Já o tratamento geralmente é feito com um médico com experiência em distúrbios do sono, mais comumente neurologista e otorrinolaringologista.
.
☎️ Agende seu exame de polissonografia no Hospital FOB: (31) 3749-6161.