rgia pode ter efeitos positivos muito além da perda de peso

rgia pode ter efeitos positivos muito além da perda de peso

Hospital FOB realiza o procedimento há cinco anos com uma equipe de máxima excelência

Você já ouviu falar sobre cirurgia bariátrica, ou como é popularmente conhecida, “cirurgia de redução de estômago”? Muito utilizado nos dias atuais, este procedimento é indicado para pessoas que apresentam obesidade de grau moderado a grave e, consequentemente, problemas sérios de saúde, como a hipertensão e diabetes.

Perfil para realizar a cirurgia:

A cirurgia bariátrica é recomendada para indivíduos obesos que apresentem graves danos à saúde e quando o tratamento clínico adequado, por no mínimo dois anos, se mostra ineficaz. Entretanto somente uma equipe multidisciplinar é capaz de avaliar a indicação cirúrgica.

Além disso, em março deste ano foi publicada uma nova diretriz da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) – RN 465/2021 – que estabelece novos critérios para as indicações da Cirurgia Bariátrica:

l  – ser maior de 18 anos;

lI – entre 16 e 18 anos, escore-z maior que +4 na análise do IMC por idade e epífises de crescimento consolidadas;

lII – IMC de 35 kg/m² a 39,9 kg/m² (grau II) quando associado a alguma comorbidade e com falha no tratamento clínico realizado por, pelo menos, 2 anos;

lV – IMC maior que 40 kg/m² a 49,9 kg/m² (grau III), com ou sem comorbidades; com falha no tratamento clínico realizado por, pelo menos, 2 anos;

V – possuir o IMC maior que 50  kg/m² (superobeso).

Saiba quais são os primeiros passos para realizar a cirurgia:

O paciente precisa passar por uma consulta com o Cirurgião do Aparelho Digestivo, que realizará uma avaliação do histórico pessoal, além de um exame físico completo e, em seguida, solicitará as avaliações multidisciplinares e todos os exames necessários para a cirurgia bariátrica.

Além do cirurgião em si, atuam também nos procedimentos os especialistas: endocrinologista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta, cardiologista, psiquiatra, pneumologista, enfermeiros, educadores físicos, entre outros profissionais.

Entenda quais são os riscos:

A Cirurgia Bariátrica pode trazer inúmeros benefícios para o paciente, porém, como qualquer procedimento cirúrgico, não é isenta de riscos. As complicações cirúrgicas e anestésicas durante o procedimento ou mesmo no pós-operatório existem, mas são raras.

Dentre as complicações, pode-se destacar: trombose venosa profunda, embolia pulmonar, infarto agudo do coração, fístulas (vazamento de secreções intestinais e do estômago para dentro ao abdome ou para pele), infecção, sangramento, hérnias, pneumonia e distúrbios nutricionais, metabólicos ou psicológicos. A mortalidade apresenta uma taxa extremamente baixa.

Principais orientações pós-cirúrgica:

Nos primeiros dias, o maior desafio é conciliar a nutrição e hidratação adequadas com um estômago que passou a ser muito pequeno. A quantidade de líquido recomendado tradicionalmente, de dois a três litros por dia, continua valendo, mas o paciente precisa fazer a ingestão em porções muito pequenas, tomadas várias vezes ao longo do dia. Quanto à alimentação, o paciente deve seguir dieta líquida durante 15 dias, passando para uma dieta pastosa ou branda, até ser liberado para a dieta sólida. Em geral, essa fase demora 30 dias.

É necessário fazer as consultas de acompanhamento e realizar os exames laboratoriais, de acordo com as orientações da equipe e o tipo de técnica cirúrgica realizada. Também é importante acompanhar com os especialistas para o controle das comorbidades que existiam previamente.

Normalmente, atividade física é liberada com 15 dias e a musculação em academias, sob orientação de um educador físico, é liberada após 30 dias. O afastamento do trabalho é habitualmente por 30 dias, período necessário para o controle semanal com o cirurgião e adaptação da dieta.

Curiosidades sobre o procedimento:

Pode ocorrer depressão pós cirurgia bariátrica, queda de cabelo ou outras curiosidades?

A depressão após a cirurgia pode sim ocorrer, mas não é muito comum. De qualquer maneira, o acompanhamento psicológico é fundamental após o procedimento. A queda de cabelo pode ocorrer em alguns pacientes. Geralmente após o terceiro e oitavo mês de pós-operatório. Porém o acompanhamento com um dermatologista é fundamental nesses casos.

Também, após esse período, já é mais indicado optar por engravidar se a paciente desejar, para que a gestação seja saudável para ela e seu bebê.

É possível reverter a cirurgia?

Teoricamente, existem algumas técnicas de cirurgia bariátrica que podem ser revertidas, mas são procedimentos muito raros e com risco muito grande de complicações.

É possível voltar a engordar após a cirurgia?

É importante ressaltar que a Cirurgia Bariátrica não é uma cirurgia estética ou milagrosa! Na verdade, é uma cirurgia que possibilita o tratamento de uma grave doença que afeta todo o corpo. Portanto, acompanhamento regular com uma equipe especializada no tratamento da obesidade, tanto antes quanto após a cirurgia, é o passo fundamental para aqueles que pretendem perder peso, melhorar sua qualidade de vida e sua autoestima.

– Cirurgia plástica é necessária após a bariátrica?

A indicação da necessidade de cirurgias plásticas reparadoras vai depender de vários fatores. Cerca de um ano e meio após a cirurgia bariátrica, o peso corporal já está praticamente estável e o risco de deficiência de proteínas, vitaminas e outros nutrientes será muito pequeno. Portanto, após esse período, já estará indicado realizar avaliação com Cirurgião Plástico e determinar a necessidade de cirurgias plásticas reparadoras.

Experiência de Cirurgia bariátrica do  Hospital FOB

O Hospital FOB realiza as cirurgias bariátricas desde o ano de 2016 por meio do Serviço de Cirurgia Bariátrica e Metabólica para o tratamento de obesidade com o cirurgião Dr. Mário Lukschal Barbosa, profissional que se destacou neste ano de 2021, recebendo o certificado da Associação Médica Brasileira de Atuação na Área de Cirurgia Bariátrica.

O principal diferencial do procedimento no Hospital, está na qualidade do atendimento de toda a equipe multidisciplinar especializada na abordagem global do paciente. Além de contar com uma estrutura física e equipamentos hospitalares totalmente preparados para realização de cirurgias seguras e de acompanhamento pós-operatório adequado para o sucesso da cirurgia bariátrica.

Os atendimentos com o cirurgião Dr. Mário, acontecem às segundas e quartas-feiras, das 14h às 18h. Os procedimentos realizados na unidade de Ouro Branco têm parceria com os principais convênios de saúde, sendo eles: Allianz, Unimed (Conselheiro Lafaiete, BH, Vale do Aço e CND), Bradesco Saúde, Cemig Saúde, Amil, Arcelor Mittal, Associação Mineira de Assistência à Saúde dos Membros do Ministério Público (AMMA Saúde), Cassi, Copasa Saúde, Fundação Libertas de Seguridade Social, FUNDAFFEMG, Gama Saúde, Golden Cross, Intermédica, IPSM, Portal Saúde, Caixa Saúde, Sicoob e Usisaúde. Além disso, o Hospital também realiza procedimentos particulares e pela rede de pré-pagos.

Hospital FOB: Com você em todos os sentidos!

Leave a Reply

Your email address will not be published.